Ensino Superior

Quanto ganha um nutricionista?

EAD UNIARP   |    | 14 min de leitura
Saiba mais
Saiba mais

 Tags: Ensino Superior

O nutricionista é o profissional que promove saúde e bem-estar através da alimentação. 

Mais do que combustível para o corpo, os alimentos têm potencial para causar e prevenir diversas doenças, sendo essencial ter uma dieta equilibrada para se manter saudável.   

Na atualidade, com o crescimento da obesidade e do consumo de alimentos processados entre os brasileiros, os nutricionais vêm ganhando cada vez mais importância na sociedade.   

A alimentação é a base para o bom funcionamento do organismo humano, sendo indispensável darmos uma atenção especial ao que colocamos no prato.   

Os nutricionistas são requisitados em diversas áreas, desde hospitais até no meio esportivo.  

Com as múltiplas possibilidades de atuação profissional, os nutricionistas têm boas perspectivas de retorno financeiro.   

Neste artigo, vamos falar mais sobre quanto ganha um nutricionista e quais as áreas de atuação desse profissional.  

Confira: 
Afinal, o que faz um nutricionista? 
Quais são áreas de atuação de um nutricionista? 
Quanto ganha um nutricionista? 
Como é curso de nutrição? 
Conclusão 

quanto-ganha-um-nutricionista - variedade de frutas, legumes e cereais

Afinal, o que faz um nutricionista?

Os nutricionistas são os profissionais especializados em alimentação. Através do estudo dos alimentos e do funcionamento do corpo humano, eles são capazes de identificar quais são as necessidades nutricionais para cada fase e estilo de vida.  

Esses profissionais prescrevem dietas e orientam seus pacientes sobre o que deve ser priorizado e evitado na alimentação.  

Além disso, com o conhecimento que possuem sobre alimentação, os nutricionistas também pode trabalhar supervisionado a preparação e o armazenamento de alimentos.    

Abaixo, elencamos algumas das principais atividades do nutricionista:  

- Realizar diagnósticos, elaborar dietas e prescrever suplementos para melhorar a qualidade de vida de pessoas saudáveis ou doentes 

- Supervisionar a produção e o controle de qualidade dos alimentos  

- Desenvolver e avaliar novos produtos alimentícios  

Com essas competências, os nutricionistas possuem uma variedade de possibilidades de atuação profissional. Conheça-as no próximo tópico. 

Quais são áreas de atuação de um nutricionista? 

Ao imaginar um nutricionista, é comum que a imagem do profissional em consultório venha à mente.  

Atender em clínicas privadas é uma possibilidade para os nutricionistas, mas está longe de ser a única.  

Os alimentos fazem parte da rotina de diversos espaços, como hospitais, universidades, restaurantes e até clubes esportivos. Boa parcela desses locais precisam de nutricionistas para propor e supervisionar dietas.   

Ou seja, os profissionais de nutrição têm um mercado de trabalho muito abrangente.  

De acordo com o Conselho Federal de Nutrição, os nutricionistas podem atuar nas seguintes áreas:  

Nutrição em Alimentação e Saúde Coletiva  

Os nutricionistas que atuam nessa área podem planejar, organizar, dirigir, supervisionar e avaliar serviços de alimentação e nutrição. Além disso, eles também podem realizar assistência e educação alimentar à coletividade em instituições públicas e privadas.  

Ou seja, são esses profissionais que elaboram programas de alimentação em escolas, universidades, creches e centros de saúde. Sua função é proporcionar uma alimentação balanceada para um público amplo.   

Nutrição Clínica   

Os profissionais que atuam na área clínica podem prestar assistência nutricional e dietoterápica; promover educação nutricional; prestar auditoria, consultoria e assessoria em nutrição e dietética; planejar, coordenar, supervisionar e avaliar estudos dietéticos; prescrever suplementos nutricionais; solicitar exames laboratoriais. 

Esses profissionais trabalham em consultórios ou hospitais. Eles elaboram dietas e oferecerem diagnósticos conforme as necessidades de cada paciente.  

Nutrição em Esportes e Exercício Físico  

Os nutricionistas também podem trabalhar no meio esportivo. Nessa área, eles são responsáveis por avaliar e acompanhar o perfil antropométrico, bioquímico e a composição corporal do atleta, identificar o gasto energético do indivíduo e elaborar um plano alimentar adequado à modalidade esportiva.   

Times de futebol, basquete, vôlei e de diversos esportes, além de academias e clubes, precisam de nutricionistas para elaborar dietas e acompanhar os atletas. O desempenho dos esportistas está muito associado à alimentação.  

Nutrição na Cadeia de Produção, na Indústria e no Comércio de Alimentos 

Nessa área, os nutricionistas podem gerenciar projetos de desenvolvimento de produtos alimentícios; prestar assistência e treinamento especializado em alimentação e nutrição; controlar a qualidade de gêneros e produtos alimentícios; atuar em marketing e desenvolver estudos e trabalhos experimentais em alimentação e nutrição; proceder a análises relativas ao processamento de produtos alimentícios industrializados.    

Os profissionais de nutrição são indispensáveis para acompanhar processos de produção e conservação de alimentos na indústria e no comércio alimentício. A presença do nutricionista é indispensável para acompanhar a cadeia produtiva dos alimentos. 

Quanto ganha um nutricionista? 

quanto-ganha-um-nutricionista

Como vimos anteriormente, os nutricionistas possuem muitas oportunidades de atuação profissional. Em função disso, a remuneração desses profissionais depende de sua área de atuação e de seu nível de experiência na profissão.   

De acordo com Educa Mais Brasilo salário médio dos nutricionistas é de R$ 2.439,47. Confira os tetos de remuneração de acordo com nível de experiência:  

JÚNIOR: R$ 1.900 - R$ 3.200   

PLENO: R$ 2.300 - R$ 4.000  

SÊNIOR: R$ 2.900 - R$ 4.900   

MASTER: R$ 3.656,30 - R$ 6.179,14  

A tabela salarial divulgada pelo site de empregos Catho aponta valores semelhantes. De acordo com o site, a média salarial do nutricionista no Brasil é de R$ 2.447.   

Catho também levantou a média de salário de acordo com área de atuação do profissional. Confira:  

Nutricionista Esportivo: R$2.022,12 

Nutricionista Clínico:  R$2.400,56 

Nutricionista de Qualidade: R$2.357,84 

Nutricionista de Produção: R$2.281,93  

Esses valores podem variar para mais ou menos, pois muitos fatores influenciam o salário do nutricionista.   

Os salários acima referem-se aos nutricionistas que são contratados por alguma instituição. Aqueles que trabalham em consultório próprio podem ter rendimentos maiores do que os informados.   

De acordo com a Tabela de Honorários da Federação Nacional dos Nutricionistas, o valor base de uma consulta clínica ou avaliação nutricional é de R$144,75. Já para consultas realizadas através de convênios, o valor base é de R$72,37. 

Como é curso de nutrição? 

A graduação em Nutrição conta com disciplinas de anatomia, fisiologia e bioquímica, além de matérias específicas como dietética, educação alimentar, avaliação nutricional e composição de alimentos.    

O objetivo do curso é proporcionar conhecimento sobre o funcionamento do metabolismo humano e sobre como os alimentos e suas propriedades influenciam na saúde do homem.   

Através de aulas práticas e teóricas, o curso de Nutrição prepara os profissionais para atuarem nas áreas clínica, esportiva, de saúde coletiva e de indústria de alimentos.   

O bacharelado em Nutrição tem duração de 4 anos. Confira algumas das disciplinas que integram a grade curricular:  

  • Biofísica e Fisiologia 
  • Bioquímica Aplicada a Nutrição 
  • Tecnologia de Alimentos  
  • Higiene e Controle Sanitário de Alimentos 
  • Microbiologia de Alimentos  
  • Nutrição nos Ciclos da Vida 
  • Nutrição na Prática Esportiva 
  • Nutrição em Saúde Pública 
  • Administração de Unidades de Alimentação e Nutrição  

Aqui na UNIARP, temos o curso de Nutrição Semipresencial, com aulas online e encontros presenciais duas vezes na semana. Confira aqui mais informações. 

Conclusão 

Neste artigo, falamos sobre as áreas de atuação e quanto ganha um nutricionista. Além disso, trouxemos informações sobre a graduação em Nutrição e as competências do profissional.   

No contexto atual, em que a população tem uma alimentação cada vez mais deficitária, os nutricionistas têm o importante papel de orientar para novos hábitos e relações com os alimentos.   

A alimentação está estritamente relacionada com a saúde e expectativa de vida. Ou seja, nunca foi tão essencial contar com profissionais qualificados no mercado.  

 

New call-to-action

Inscreva-se

New call-to-action
O que você achou dessa publicação?
Deixe seu comentário aqui.
BUY On HUBSPOT